Apple TV 4: Specs & Unboxing

A Apple, finalmente, decidiu actualizar a Apple TV que durante vários anos não tinha mostrado grande evolução. Embora esta evolução não seja um salto na vanguarda de várias tecnologias utilizadas é, contudo, uma nova fase neste dispositivo. Agora está mais abrangente e preconiza mais um grande negócio para developers e para fornecedores de conteúdos.

Depois de muitos meses de rumores, a Apple lançou na última keynote a nova versão da Apple TV.

Há várias tecnologias “novas”, que estão agora disponíveis neste produto. Temos assim a integração com a Siri, que permite um controlo sem qualquer contacto e também um novo comando, com capacidades de toque.

Características

Tamanho e peso

  • Altura: 35 mm
  • Largura: 98 mm
  • Profundidade: 98 mm
  • Peso: 425 g

Capacidade e preços

  • 32GB – 149 dólares
  • 64GB – 199 dólares

Controlo remoto Siri

  • Tecnologia sem fio Bluetooth 4.0
  • Transmissor IR
  • Acelerómetro e giroscópio
  • Porta Lightning para recarregar
  • Bateria recarregável

Portas e Interfaces

  • HDMI 1.4 3
  • Wi-Fi 802.11ac com MIMO
  • Ethernet 10 / 100BASE-T
  • Tecnologia sem fio Bluetooth 4.0
  • Receptor IR
  • USB-C para serviço e suporte
  • Fonte de alimentação interior

Processador

  • Chips A8 com arquitectura de 64 bits

Sistema Operativo

  • tvOS

Na caixa

  • Apple TV
  • Comando remoto Siri
  • Cabo de alimentação
  • Cabo Lightning para cabo USB
  • Documentação

Notámos logo um impacto no que vemos, não, estamos já a falar na Interface totalmente redesenhada. Esta está agora muito mais simple e muito mais integrada com os conteúdos.

Também a Siri tem aqui um papel importante ao permitir que todas as pesquisas sejam feitas directamente com a voz.

O novo comando é o ponto central da Apple TV. Temos de aprender ainda a lidar com os comandos, mais ainda porque o idioma ainda não é o que pretendemos! Mas está muito apurada a Siri.

Como já foi referido, a Apple dá tanta importância a esta nova Apple TV que lhe criou um sistema operativo próprio, com APIs e ferramentas de programação próprias.

Assim nasceu um novo ecossistema dentro de um ecossistema. Mais uma fonte de produção, agora totalmente virada para a TV.

Iremos facilmente ter acesso a apps que ajudarão a gerir a programação, mais jogos, mais ferramentas utilitárias e até haverá mais diversão com o modo multi-player que pode ser usado nos jogos, com a Apple TV a suportar nativamente.

Compras, pesquisas, acesso a redes redes sociais e muito mais. Há muito ainda para pesquisar e é o que vamos fazer nos próximos tempos, tirar proveito para ver o alcance desta novidade da Apple.

Quando chega a Portugal?

O anúncio oficial, no evento, dizia-nos que a Apple TV chegaria já em Outubro a 80 países, Portugal incluído, é esse o timing oficial, contudo têm circulado rumores que dizem que o lançamento ficará adiado até inícios de Novembro. Esperemos que seja já neste mês.

Apple TV

Fonte: Apple TV 4: Recebemos e gostámos do que vimos