TOP 10 apps com GUI para Administradores de sistemas Linux

O Linux é o sistema preferido dos administradores de sistemas para implementação de serviços de suporte a redes de comunicação. Até a própria Microsoft já admitiu que no seu serviço Cloud, o Azure, existem mais máquinas Linux que máquinas Windows.

Para quem costuma fazer administração de sistemas em Linux, aqui ficam 10 ferramentas com interface gráfica.

#1 – MySQL Workbench

O MySQL Workbench é uma fantástica ferramenta que permite o desenho e gestão de base de dados. Com esta app pode criar diagramas EER, gerar scripts SQL, gestão de utilizadores, fazer consultas às bases de dados, backups, gestão de privilégios, criar funções e muito mais.

TOP 10 apps com GUI para Administradores de sistemas Linux (1)


#2 – phpMyAdmin

O phpMyAdmin é uma ferramenta gratuita, escrita em PHP, e que permite de forma muito simples fazer a administração das nossas bases de dados através de um simples browser.

Através de um interface bastante intuitivo e organizado, o phpMyAdmin permite a qualquer utilizador fazer um gestão simplificada do MySQL e das respetivas bases de dados.

TOP 10 apps com GUI para Administradores de sistemas Linux (1)


#3 – ZPanel

O ZPanel é uma interface Web gratuita, ao estilo de um painel de controlo, que permite gerir o serviço de hosting. Este serviço foi desenhado para correr sobre Windows e sistemas POSIX como é o caso do Linux, UNIX e macOS).

Esta solução dá a possibilidade de transformarmos qualquer servidor (profissional ou caseiro) num autêntico gestor de serviços de alojamento.

TOP 10 apps com GUI para Administradores de sistemas Linux (1)


#4 – Zenmap

Na área da segurança informática existem muitas ferramentas interessantes para avaliar se um sistema está vulnerável ou não. Imagine, por exemplo, que sem se aperceber, executou um exploit e este abriu um porto de comunicação no seu sistema?

Uma das melhores ferramentas para avaliar se a sua máquina tem portos de comunicação abertos é o Nmap (ou Zenmap que tem interface gráfica).

TOP 10 apps com GUI para Administradores de sistemas Linux (1)


#5 – CUPS

Para quem não conhece o Common Unix Printer Service (CUPS) foi desenvolvido inicialmente pela Easy Software Products, tendo a gigante Apple comprado o código fonte em 2007. O CUPS  é um sistema de impressão e configuração open source que oferece aos utilizadores do mundo Linux uma interface Web simples para configuração das mais diversas impressoras.

Este serviço permite a instalação de impressoras locais (ligadas via USB ou LTP) ou então a instalação de impressoras remotas que usem o protocolo IP.

TOP 10 apps com GUI para Administradores de sistemas Linux (1)

#6 – Cockpit

Cockpit é uma ferramenta de administração gráfica (web-based), que nos permite administrar facilmente o nosso Sistema Linux/Unix.

Desta forma, através de um simples browser, poderemos controlar/gerir de qualquer parte do mundo o “poderoso motor” do nosso Linux/Unix.

TOP 10 apps com GUI para Administradores de sistemas Linux (2)

Cockpit

#7 – Webmin

O Webmin é uma ferramenta de administração gráfica (web-based), escrita por Jamie Cameron, que nos permite administrar facilmente o nosso Sistema Linux/Unix. Desta forma, através de um simples browser, poderemos controlar/gerir de qualquer parte do mundo o “poderoso motor” do nosso Linux/Unix.

TOP 10 apps com GUI para Administradores de sistemas Linux (2)

Webmin

#8 – Froxlor

Tal como o CPanel, o Froxlor é uma ferramenta de administração gráfica (web-based), que permite gerir múltiplos serviços por utilizador. Por exemplo, permite e os utilizadores usem certificados SSL por domínio, escolham qual o endereço IP e porta a usar por domino, definam o template/tema que pretendam, monitorizem os vários serviços através de gráficos interativos, etc.

TOP 10 apps com GUI para Administradores de sistemas Linux (2)

froxlor

#9 – Ajenti

Ajenti é uma ferramenta open source que funciona estilo um painel de controlo para gestão dos mais diversos serviços numa máquina Linux, como, por exemplo, Apache, Cron, File System, Firewall, MySQL, Nginx, Munin, Samba, FTP, Squid… e muitos outros.

TOP 10 apps com GUI para Administradores de sistemas Linux (2)

ajenti

#10 – Apache Directory

O Apache Directory Studio é uma plataforma desenhada para ApacheDS, mas pode funcionar como uma browser LDAP, LDIF e editores de ACLs.

TOP 10 apps com GUI para Administradores de sistemas Linux (2)

Apache Directory

phpMyAdmin 3.4.0 com excelentes novidades

phpMyAdmin 3.4.0 com excelentes novidades

Criado por Pedro Pinto em 13 de Maio de 2011 | 36 comentários

Quem não conhece o phpMyAdmin?

O phpMyAdmin é uma ferramenta gratuita, escrita em PHP, e que permite de forma muito simples fazer a administração das nossas bases de dados através de um simples browser.

Através de um interface bastante intuitivo e organizado, o phpMyAdmin permite a qualquer utilizador fazer um gestão simplificada do MySQL e das respectivas bases de dados.

php_000

Novidades do phpMyAdmin 3.4.0
  • Novo template
  • Editor ENUM/SET
  • Simplificação no processo de exportar e importar bases de dados
  • Gráficos
  • Construtor
  • Em algumas funcionalidades foi introduzida a tecnologia AJAX

Exemplo da janela que permite a definir os privilégios de um utilizador

php_06

Além das características referidas anteriormente, o phpMyAdmin disponibiliza:

  • Suporte para a maioria das funcionalidades do MySQL
  • Permite procurar e apagar base de dados, tabelas, views, campos e índices
  • Criar, copiar, apagar e renomear base de dados, tabelas, campos e respectiva informação
  • Permite executar SQL-statements
  • Gestão de utilizadores e privilégios
  • Gestão de procedimentos e triggers
  • Importação de dados a partir de ficheiros .CSV ou  SQL
  • Exportação para vários formatos: CSV, SQL, XML, PDF, ISO/IEC 26300 – OpenDocument Text and Spreadsheet, Word, Excel, LATEX, entre outros
  • Administração de múltiplos servidores

Como colocar em funcionamento o phpMyAdmin

O phpMyAdmin é muito simples de colocar em funcionamento. Basicamente não necessitamos de instalar, sendo apenas necessário copiar para a directoria de sites do nosso servidor Web.

Vamos a um exemplo. Eu tenho o XAMPP instalado na minha máquina e encontra-se em D:\xampp. Para ter o phpMyAdmin a funcionar, apenas copiei a o mesmo para dentro do directório referido (D:\xampp)

php_02

Em seguida, e depois de arrancarmos os serviços associados ao Apache e MySQL, abrimos o browser e escrevemos: http://localhost/phpmyadmin/.  Aí deve inserir as credenciais de acesso ao MySQL.

php_03Já dentro do phpMyAdmin, são muitas as opções que o utilizador tem à sua disposição. Acesso as Base de dados, execução de código SQL, verificar o estado do serviço (BytesIn/BytesOut e outras estatísticas sobre o tráfego), Variáveis, Mapas de Caracteres, Engines, Privilégios, Replication, Processos, possibilidade de exportar e importar dados, e um mecanismo de sincronização com outros servidores.

php_04

Janela para exportar base de dados:

php_05

O phpMyAdmin é um “must have” que instalo sempre tenho de usar mysql em alguma máquina. A flexibilidade e “visão” simplificada que nos dá sobre as nossas bases de dados, facilita em muito certos trabalhos. Experimentem, há um DEMO aqui.

Artigos relacionados

Licença: Freeware
Sistemas Operativos: Windows/Mac OS X / Linux
Download: phpMyAdmin-3.4.0 [5,61 MB]
Homepage: phpmyadmin