Aprenda a programar para Android – Parte II

Aprenda a programar para Android – Parte II

Criado por Pedro Pinto em 21 de Junho de 2011 | 19 comentários

Programação da aplicação calculadora em Java (continuação do artigo anterior aqui)

Na semana passada ensinamos como criar de uma forma simples layouts em XML para as aplicações a desenvolver para Android. O processo é relativamente simples e caso ainda existam dúvidas não hesitem em perguntar. Depois de criada a interface (layout) e definidos todos os widgets (componentes) é hora de passar a programação da aplicação propriamente dita.

Vamos então ensinar como somar dois números através de uma aplicação para Android.

droid_00

No artigo anterior (ver aqui), definimos os nomes de cada widget através da propriedade id tendo ficado definido da seguinte forma:

  • EditText – @id/edt_num1
  • EditText – @id/edt_num2
  • Button –    @id/btn_somar

droid_01

Vamos agora  começar na programação. Para isso vamos abrir o ficheiro calculadora.java (que se encontra dentro do projecto criado, em src—>pt.pplware).

droid_02

O próximo passo é aceder ao widgets que foram definidos durante a criação do layout.Vamos começar então por fazer uso da classe EditText e definir num1 e num2 como sendo desse tipo. Para o botão fazemos uso da classe Button e definimos btn_somar desse tipo. Devemos também incluir os respectivos imports das classes Button e EditText.

Nas últimas três linhas (marcadas na imagem seguinte) vamos associar as variáveis num1, num2 e btn_somar aos widgets que definimos durante a criação do interface. O método findViewById permite “encontrar” um widget por id (definido durante a criação do interface) que se encontra definido na classe R (que se encontra em gen—>pt.pplware—>R.java).

droid_05

O próximo passo é programar um evento para o botão btn_somar. Basicamente pretende-se que quando o utilizador carregar no botão, seja apresentada a soma entre o valor inserido na edt_num1 e edt_num2.

Começamos por criar um listener para o evento Onclick e nesse momento “apanhamos” os valores das EditTexts. De seguida calculamos a soma dos valores e apresentamos o resultado através de um componente do tipo AlertDialog.droid_06

Resultado

Depois de programarem correctamente a aplicação, basta executar a mesma e testar.

droid_resultado

Código Completo (calculadora.java)
package pt.pplware;
import android.app.Activity;
import android.app.AlertDialog;
import android.os.Bundle;
import android.view.View;
import android.widget.Button;
import android.widget.EditText;   public class calculadora extends Activity {   EditText num1, num2;
 Button btn_somar;
 @Override
 public void onCreate(Bundle savedInstanceState) {
 super.onCreate(savedInstanceState);
 setContentView(R.layout.main);   num1 = (EditText) findViewById(R.id.edt_num1);
 num2 = (EditText) findViewById(R.id.edt_num2);
 btn_somar = (Button) findViewById(R.id.btn_somar);   btn_somar.setOnClickListener(new View.OnClickListener() {
 @Override
 public void onClick(View v) {   //Obtem valor da EditText1 e EditText2
 double val1 = Double.parseDouble(num1.getText().toString());
 double val2 = Double.parseDouble(num2.getText().toString());   //Calcula soma dos numeros
 double soma = val1+val2;   // Apresenta resultados
 AlertDialog.Builder infoResultado = new AlertDialog.Builder(calculadora.this);
 infoResultado.setTitle("Resultado");
 infoResultado.setMessage("A Soma é: "+soma);
 infoResultado.setNeutralButton("Ok",null);
 infoResultado.show();
 }
 });
 }
}

Esperamos que este pequeno artigo vos incentive a entrarem no mundo da programação para Android. Tal como tive a oportunidade de referir a alguns leitores, estes são artigos de iniciação que têm como objectivo ensinar a dar os primeiros na programação para dispositivos móveis com Android.

Agradeço desde já que coloquem todas as vossas duvidas em comentário para que eu e leitores mais experientes possamos dar uma ajuda. Lembrem-se que este é um espaço de partilha de know how e experiências. Começar a programar para Android não é difícil…é preciso é força de vontade e claro que umas dicas dão sempre jeito.
Como trabalho para casa (TPC), podem tentar implementar a função de subtrair, multiplicar e dividir. Depois se pretenderem ver publicado o vosso trabalho enviem-me o mesmo para o e-mail (prometo que não disponibilizo no market Android :) ).

Artigos relacionados

Download: calculadora_android

Vamos começar a programar para Android?

Vamos começar a programar para Android?

Criado por Pedro Pinto em 14 de Abril de 2011 | 50 comentários

Por Carlos Rodrigues e José Afonso para o PPLWARE

Aprenda a instalar o SDK 3.0 Android no Eclipse para preparar o ambiente de programação

O Android é o sistema operativo do momento. São muitos os  dispositivos móveis equipados com esta plataforma da Google e o mercado das aplicações tem crescido de dia para dia. Os programadores “apontam baterias” para este segmento pois, através do market, nem precisam de sair de casa para apresentar/vender os seus projectos ao mundo.

Este artigo visa mostrar os passos para instalar/configurar um ambiente para o desenvolvimento de aplicações Android usando o SDK 3.0 e o Eclipse IDE (provavelmente o IDE mais usado para programação em Android).

android_00

Requisitos:

  • Eclipse 3.4 (Ganymede) ou mais recente
  • Eclipse JDT plugin (incluído na maior parte das distribuições Eclipse IDE (Para descarregar e instalar ou actualizar o Eclipse: http://www.eclipse.org/downloads/)
  • Existem vários pacotes do Eclipse disponíveis para cada plataforma. Para desenvolver aplicações Android recomendam-se os seguintes pacotes:
    • Eclipse IDE for Java Developers
    • Eclipse Classic (versão 3.5.1 ou mais recentes)
    • Eclipse IDE for Java EE Developers
  • JDK 5 or JDK 6
  • Android Development Tools plugin

Vamos então apresentar como integrar o SDK com o Eclipse. Para tal devem seguir os seguintes passos.

Passo 1: É necessário fazer download do Android SDK e do Eclipse IDE. Basta descompactá-los para uma directoria específica (ex: c:\dev\ )

Passo 2: Iniciar o Eclipse, abrir o menu Help > Install new software

clip_image001
Adicionar esta localização https://dl-ssl.google.com/android/eclipse/ (para o Eclipse 3.5 Galileo ou 3.6 Helios)

clip_image002
Na caixa de diálogo Available Software , seleccione a checkbox Developer Tools e clique seguinte:

clip_image003
Na janela seguinte, será possível ver uma lista de ferramentas para ser descarregadas. Clique seguinte e aceite as licenças e clique Finish. Quando a  instalação terminar, reinicie o Eclipse.

Passo 3: Vá agora ao menu  Window> Preferences e escolha a opção Android. Clique no botão Browse.. e localize a pasta para onde extraiu o Android SDK ( c:\dev) e clique em Apply e depois Ok.

clip_image005
Passo 4: Clique no botão clip_image007 e instale os pacotes disponíveis.

clip_image009

Depois disso é necessário criar um dispositivo virtual Android (Android Virtual Device ou AVD) que irá correr as aplicações que desenvolvermos sem necessidade de possuirmos um equipamento Android.

clip_image011

Agora é necessário escolher o nome e  alvo (target).

Um Target define qual a API apropriada para o tipo de software que se pretende desenvolver, neste caso será a versão 3.0. É também necessário escolher a quantidade de memória disponível para o dispositivo virtual, se terá cartão de memória (neste caso 1024Mb) e o hardware que se quer emular (GPS, acelerómetro, trackball, GPS, bluetooth, ..).

Clicar em Finish.

De seguida, ir ao menu New > Project > Android para criar um, novo projecto.

clip_image013

De uma forma rápida fica o que é necessário preencher em cada campo.

– Project Name:
Nome do projecto Android e também da directoria que irá conter os ficheiros do projecto.

– Application Name:
Nome da aplicação. Este é o nome que irá aparecer no dispositivo Android (neste caso helloMobileStone).

– Package Name:

Este é o namespace do pacote e segue as regras de naming do Java. É também o namespace onde a Activity (explicada a seguir) será criada. O nome do package deve ser único, para evitar conflitos nos nomes das classes (neste caso tst.mobilestone.net, é o nosso namespace reservado para testes). Ao desenvolver as suas aplicações deverá utilizar um namespace próprio que o identifique a si ou à empresa onde trabalha.

Create Activity:
Este é o nome da classe gerada pelo plugin. Esta classe é uma extensão (ver polimorfismo) da classe Activity do Android.

Uma Activity  é uma classe que pode ser executada. Pode ser usada para criar interfaces (mas não é obrigatório que o faça). Como a checkbox sugere, é opcional, mas uma Activity é quase sempre usada como base para uma aplicação.

Min SDK Version:
Este valor especifica a versão mínima da API requerida para executar a aplicação.

O nosso projecto Android está quase pronto para entrar em Acção. Escolha no painel do lado direito o ficheiro MobileStone.java e insira o seguinte código:

package net.mobilestone.tst;
 import android.app.Activity;
 import android.os.Bundle;
 import android.widget.TextView;
 public class MobileStone extends Activity {
 /** Called when the activity is first created. */
 @Override
 public void onCreate(Bundle savedInstanceState) {
 super.onCreate(savedInstanceState);
 TextView tv = new TextView(this);
 tv.setText("Hello, Android");
 setContentView(tv);
 }
 }

Execute a aplicação:
O plugin ADT torna tudo isto bastante fácil: Escolha o menu Run > Run. Seleccione  ”Android Application”.
Finalmente o Eclipse ADT arranca a aplicação dentro do virtual device mostrando o seguinte resultado:

clip_image015

clip_image017

Espero que tenham gostado. Até breve