Redes–como calcular sub-redes? Parte prática

Redes – Como calcular sub-redes? Parte prática

Criado por Pedro Pinto em 20 de Dezembro de 2010 | 17 comentários

Depois de termos dado algumas dicas de como proceder ao cálculo de sub-redes no artigo Redes – Como calcular sub-redes?, alguns dos nossos leitores solicitaram que fizéssemos um artigo que explicasse como proceder à configuração das máquinas na prática.

Atendendo a esse pedido, criei um pequeno artigo a explicar o que fazer depois do calculo das sub-redes.

image

Aproveitando o exemplo do outro artigo (ver aqui), obtivemos 8 sub-redes (a partir da rede principal 192.168.1.0/24), e para cada sub-rede conseguimos encaixar 30 máquinas.

sub_13Considerando por exemplo que pretendem configurar uma máquina na sub-rede 192.168.1.64 devem definir nessa mesma máquina as seguintes configurações:

IP da máquina: um endereço definido entre 192.168.1.65 até 192.168.1.94

Máscara: 255.255.255.224

Depois de termos procedido ao cálculo das sub-redes podemos proceder à configuração das máquinas na prática. Lembramos que para o cenário-exemplo deste artigo não existe qualquer router (para possibilitar a comunicação entre máquinas de sub-redes diferentes), pelo que as máquinas apenas comunicarão entre outras máquinas da mesma sub-rede.sub_11

As configurações de rede podem ser obtidas automaticamente via DHCP (ou seja, existe na rede um servidor de DHCP ou outro equipamento a proceder ao envio das configurações de rede ao cliente) ou podemos proceder nós próprios (manualmente) às configurações.  Para o presente exemplo vamos proceder à configuração manual e vamos apenas usar a sub-rede 192.168.1.64 (Para as outras sub-redes o processo é idêntico, sendo apenas necessário mudar o endereço IP que deverá estar de acordo com a sub-rede escolhida, a máscara mantém-se a 255.255.255.224).

Vamos considerar então que temos uma máquina com Windows, outra com Linux e outra com MacOS. As configurações devem estar de acordo com o diagrama seguinte:

sub_18

Como configurar uma máquina com SO Windows?

Para quem pretenda configurar endereçamento estático em  máquinas com Windows, aconselhamos a lerem o seguinte artigo: Windows: Configure um IP estático.

O resultado final deverá ser idêntico ao que é apresentado na imagem seguinte:

sub_14

Como configurar uma máquina com SO Linux (Ubuntu)?

Para quem pretenda configurar endereçamento estático em  máquinas com Linux, aconselhamos a lerem o seguinte artigo: Dicas Linux – Configurar endereço IP e DNS. As configurações de rede no Ubuntu podem ser facilmente definidas através do NetworkManager.

O resultado deverá ser algo do género:

sub_17

Como configurar uma máquina com MacOS?

Em MacOS o utilizador pode proceder à configuração de endereçamento estático no menu Preferências de Sistema –> Redes –> Ethernet.

O resultado deverá ser algo do género:

sub_16

Considerações finais

Esperamos que este artigo tenha ido de encontro ao solicitado pelos nossos leitores. Caso tenham alguma dúvida ou questão deixem em comentário que terei todo o gosto em vos ajudar. Em próximos artigos tentaremos abordar um exemplo onde os requisitos a nível de hosts variam de rede para rede. Para comunicação entre máquinas de sub-redes distintas, vamos também tentar trazer um artigo com a solução (provavelmente através do Vyatta). Até lá, mãos à obra!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s