Comandos Linux para Totós – Tutorial nº10

Comandos Linux para Totós – Tutorial nº10

Criado por Pedro Pinto em 27 de Agosto de 2011 | 12 comentários

Ora vivam caros linuxianos!!! Cá estamos nós para o décimo tutorial da rubrica “Comandos Linux para Totós”. Aproveitando este artigo, adianto desde que já que vamos ter uma surpresa na próxima rubrica. Estejam atentos!

Bem, hoje vamos aprender a copiar e mover ficheiros entre directórios (coisa simples não é ??).

Prontos para mais uma viagem no “terminal preto”?  Lets go!

totos

Relembramos que para acompanharem estes tutoriais é necessário que possuam um terminal Unix/Linux para ir experimentando e aprendendo os comandos apresentados. Para os que já dominam a matéria, lanço desde já o desafio de colaborarem nesta rubrica (podem enviar os vossos artigos para mim).

Como já referimos em alguns artigos, a shell (terminal) do Linux permite introduzir comandos. Através dos comandos podemos realizar quase todas as tarefas possíveis num sistema como por exemplo copiar ficheiros, criar/apagar directórios, controlar serviços, etc.

whoami | pwd | id | who | date | cal | man | hostname | uptime | history | uname | lsb_release | df … ainda se lembram? Se não, vejam aqui e aqui

Tal como referido, hoje vamos aprender a copiar e a mover ficheiros entre directórios. Para tal é necessário recorrer aos comandos «copy»(para copiar ficheiros) e «mv»  (para mover ficheiros).

Antes de passar a alguns exemplos do comando «copy» e «mv» apenas indicar qual a diferença entre caminho absoluto e caminho relativo:

  • Caminho absoluto – identificação do caminho de acesso desde a raiz / (ex: /a/b/c/d)
  • Caminho relativo – Indica o caminho de acesso ao ficheiro a partir do directório corrente
Como copiar ficheiros

Para copiar ficheiros : cp origem destino

Exemplos

Copia o ficheiro ppinto para dentro directório tmp

cp ppinto /tmp/

Copia todos os ficheiros localizados em /tmp para o directório actual

cp /tmp/* .

Nota: O ‘*’ serve para indicar todos os ficheiros e o ‘.’ serve para indicar o directório corrente

Como mover ficheiros

Para mover ficheiros : mv origem destino

Exemplos

Mover todos os ficheiros do directório corrente para /home/ppinto

mv * /home/ppinto

Mover todos os ficheiros do directório corrente para a pasta tmp dentro da home directoy do utilizador

mv * ~/tmp

Nota2: O ’~’ indica a home directory do utilizador (ex. /home/ppinto)

Alguns exercícios

Considerando a seguinte estrutura, responda às seguintes questões:

  • Estando em site, como copiar o ficheiro info para dentro de forum?
  • Estando em pplware  como copiar o ficheiro aabb para dentro do directório corrente?
  • Como mudar o nome do ficheiro dados para dados2?
  • Estando em ppinto, como mover todos os ficheiros para o directório site?

linux_struct

Por hoje ficamos por aqui  e desde já conto com a vossa colaboração, respondendo às questões colocadas. Há alguma dúvida?

Como extra, hoje deixo-vos um vídeo da história do Linux inserido nas comemorações dos 20 anos deste excelente sistema operativo.

Não se esqueçam, estejam atentos à próxima rubrica e não deixem de publicar as respostas às questões colocadas neste artigo.

Bom fim de semana! poweroff

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s