Domingo é dia de dicas do Microsoft Word

Domingo é dia de dicas do Microsoft Word

Criado por Pedro Pinto em 28 de Agosto de 2011 | 13 comentários

Por Miguel Goyanes para o PPLWARE

Como é habitual ao Domingo, hoje trazemos mais algumas dicas sobre a potente ferramenta que é o Microsoft Word. Uma vez que esta rubrica tem vindo a tornar-se cada vez mais popular, decidimos torná-la uma rubrica de fim de semana e “aberta” a todos os leitores que pretendam contribuir.

Hoje vamos falar da utilização de fórmulas em tabelas.

word_000

As versões mais recentes do Word permitem que sejam utilizadas algumas das funções do Excel e assim possibilitam a realização de cálculos e operações lógicas em tabelas.

As fórmulas são inseridas nas Ferramentas de tabela, no separador Esquema, grupo Dados, comando Fórmulas.

formulas_00

Independentemente do idioma do Word as fórmulas são inseridas em Inglês, ou seja, se o pretendido for inserir uma SOMA a fórmula a utilizar será SUM.

Na tabela seguinte estão descritas as funções que podemos utilizar bem como uma pequena descrição e exemplo da função.

FUNÇÃO
O QUE FAZ
EXEMPLO
DEVOLVE

ABS()
Calcula o valor absoluto do valor entre parênteses
=ABS(-22)
22

AND()
Avalia se os argumentos entre parênteses são todos TRUE.
=AND(SUM(LEFT)<10;SUM(ABOVE)>=5)
1,
se a soma dos valores à esquerda da fórmula (na mesma linha) for menor
que 10 e a
soma dos valores acima da fórmula (na mesma coluna, excluindo qualquer
célula de cabeçalho) for maior ou igual a 5; caso contrário, 0.

AVERAGE()
Calcula a média de itens identificados entre parênteses.
=AVERAGE(RIGHT)
A
média de todos os valores à direita da célula de fórmula, na mesma
linha.

COUNT()
Calcula o número de itens identificados entre parênteses.
=COUNT(LEFT)
O
número de valores à esquerda da célula de fórmula, na mesma linha.

DEFINED()
Avalia se o argumento entre parênteses é definido. Devolve 1 se o argumento
tiver sido definido e avalia sem erro; devolve 0 se o argumento não tiver sido definido ou devolve um erro.
=DEFINED(resultado_bruto)
1,
se resultado_bruto tiver sido definido e avalia sem erro; caso
contrário, 0.

FALSE
Não
aceita argumentos. Devolve sempre 0.
=FALSE
0

IF()

Avalia o primeiro argumento. Devolve o segundo argumento se o primeiro argumento for verdadeiro; devolve o terceiro argumento se o primeiro argumento for falso.

NOTA
Necessita de três argumentos.

=IF(SUM(LEFT)>=10;10;0)
10,
se a soma dos valores à esquerda da fórmula for, pelo menos, 10; caso
contrário, 0.

INT()
Arredonda o valor entre parênteses para o número inteiro mais próximo.
=INT(5,67)
5

MAX()
Devolve o valor máximo dos itens identificados entre parênteses.
=MAX(ABOVE)
O
valor máximo encontrado nas células acima da fórmula (excluindo
quaisquer linhas de cabeçalho).

MIN()
Devolve o valor mínimo dos itens identificados entre parênteses.
=MIN(ABOVE)
O
valor mínimo encontrado nas células acima da fórmula (excluindo
quaisquer linhas de cabeçalho).

MOD()
Assume dois argumentos (têm de ser números ou devolver números). Devolve o resto após o segundo argumento ser dividido pelo primeiro. Se o resto for 0 (zero), devolve 0.0
=MOD(4;2)
0.0

NOT()
Assume um argumento. Avalia se o argumento é verdadeiro. Devolve 0 se o
argumento for verdadeiro, 1 se o argumento for falso. Utilizado maioritariamente numa fórmula IF.
=NOT(1=1)
0

OR()
Assume dois argumentos. Se um for verdadeiro, devolve 1. Se ambos forem
falsos, devolve 0. Utilizado maioritariamente numa fórmula IF.
=OR(1=1;1=5)
1

PRODUCT()
Calcula o produto dos itens identificados entre parênteses.
=PRODUCT(LEFT)
O
produto da multiplicação de todos os valores das células à esquerda da
fórmula.

ROUND()
Assume dois argumentos (o primeiro argumento tem de ser um número ou devolver um número; o segundo argumento tem de ser um número inteiro ou devolver um número inteiro). Arredonda o primeiro argumento para o número de dígitos especificado pelo segundo argumento. Se o segundo argumento for maior que zero (0), o primeiro argumento é arredondado para o número de dígitos especificado. Se o segundo argumento for zero (0), o primeiro argumento é arredondado para o número inteiro mais próximo. Se o
segundo argumento for negativo, o primeiro argumento é arredondado à esquerda do decimal.

=ROUND(123.456;
2)

=ROUND(123.456;
0)

=ROUND(123.456;
-2)

123.46

123

100

SIGN()
Assume um argumento que tem de ser um número ou devolver um número. Avalia se o item identificado entre parênteses é maior que, igual a ou menor que zero (0). Devolve 1 se for maior que zero, 0 se for zero, -1 se for menor que zero.
=SIGN(-11)
-1

SUM()
Calcula a soma dos itens identificados entre parênteses.
=SUM(RIGHT)
A soma dos valores das células à direita da fórmula.

TRUE()
Assume um argumento. Avalia se o argumento é verdadeiro. Devolve 1 se o argumento for verdadeiro, 0 se o argumento for falso. Utilizado maioritariamente numa fórmula IF.
=TRUE(1=0)
0

No vídeo seguinte é demonstrado como:

  • Inserir fórmulas;
  • Usar os argumentos posicionais;
  • Actualizar as fórmulas (individualmente, todas de uma tabela ou todas de um documento);
  • Bloquear ou desbloquear uma fórmula;
  • Fazer referência a células ou intervalos de células;
  • Usar mais do que uma função na mesma fórmula;
  • Usar marcadores;
  • Relacionar células de duas ou mais tabelas;
  • Devolver texto (usando a fórmula IF).

Atenção: Devido ao tamanho é preferível ver em modo de ecrã completo e em 720p.

Arquivado na categoria: Tutoriais, Word

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s