Comandos Linux para Totós – Tutorial nº13

Comandos Linux para Totós – Tutorial nº13

Criado por Pedro Pinto em 17 de Setembro de 2011 | 16 comentários

Criar utilizadores pela linha de comandos

Ora vivam caros linuxianos!!! Cá estamos nós para mais uma rubrica “Comandos Linux para Totós”. Pelo feedback que temos tido de muitos leitores sobre esta rubrica, concluímos que esta “pequena” documentação sobre Linux tem ajudado muitos a darem os primeiros passos no mundo do terminal preto. Era esse o nosso objectivo e ficamos muito satisfeitos com todos os comentários.

Apertem os cintos que vamos descolar para mais uma viagem no terminal preto!

totos

Depois de termos aprendido já alguns conceitos e comandos básicos do terminal Linux, hoje decidi preparar um artigo a ensinar como criar utilizadores no Linux. Como sabemos, o Linux é um sistema multi-utilizador já que permite o acesso simultâneo de vários utilizadores.

Mas como criar um utilizador no terminal Linux?

Para criar um utilizador no Linux via terminal podemos usar um dos seguintes comandos: useradd ou adduser. A função do useradd e adduser no Fedora / Centos é igual. Já em distribuições baseadas em Debian, o adduserdisponibiliza um método interactivo para criação de contas (várias questões sobre parâmetros do utilizador).

Criar utilizadores com useradd

Vamos então criar um utilizador com as seguinte definições com o comando useradd:

  • UID (user ID): 301
  • GUI: 301
  • shell=bash
  • home=/home/ppinto
  • username=ppinto

Utilização do useradd

useradd -u 301 -g 301 -s /bin/bash -d /home/ppinto ppinto

onde:

  • u – UID (Numero entre 0 e 65535 que identifica cada utilizador)
  • g – GUI  (Numero entre 0 e 65535 que identifica o grupo a que cada utilizador pertence)
  • d – Home Directory  a ser criada para o utilizador)

Nota importante: De referir que para definir  uma password através do comando useradd é necessário incluir o parâmetro –pxxxxx (onde xxxx é a password). Caso contrário podemos usar o comando passwd <utilizador>:

[root@pplware ~]# passwd ppinto

De seguida devemos definir a pasword e confirmar a mesma  (no linux a password não aparece no standard-output a password introduzida).

[root@pplware ~]# passwd ppinto
Changing password for user ppinto.
New UNIX password:

Nota2: Caso não definam qualquer parâmetro (simplesmente useradd ppinto) o utilizador é criado com base nas definições do ficheiro /etc/default/useradd

Criando utilizadores com adduser

Usando o comando adduser, é disponibilizada uma forma interactiva para criação de utilizadores:

pplware@pplware:~$ sudo adduser ppinto
Adding user `ppinto' ...
Adding new group `ppinto' (1002) ...
Adding new user `ppinto' (1001) with group `ppinto' ...
Creating home directory `/home/ppinto' ...
Copying files from `/etc/skel' ...
Enter new UNIX password:
Retype new UNIX password:
passwd: password updated successfully
Changing the user information for ppinto
Enter the new value, or press ENTER for the default
Full Name []: Pedro Pinto - Pplware
Room Number []: 13
Work Phone []: 12321
Home Phone []: 456654
Other []:
Is the information correct? [Y/n] Y

Fácil não é? Experimentem agora criar dois ou três utilizadores e experimentar autenticarem-se com credenciais dos mesmos no sistema.

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s