Saiba quais os sites mais bloqueados em 2010?

Saiba quais os sites mais bloqueados em 2010?

Criado por Pedro Simões em 12 de Fevereiro de 2011 | 10 comentários

O serviço OpenDNS tem actualmente ao seu cuidado cerca de 1% do tráfego de DNS que circula na Internet. É a ele que muitos milhares de utilizadores recorrem no momento de traduzir nomes em IP’s. Uma funcionalidade que é também muito usada pelos seus utilizadores é a capacidade de bloquearem o acesso a determinados sítios web, quer seja em cenários de empresas ou caseiros.

Esta característica permitiu ao OpenDNS categorizar e apresentar uma lista dos sites mais bloqueados, pelos seus serviços, durante o ano de 2010. Os dados não são surpreendentes e confirmam o que é já uma realidade. O Facebook foi, provavelmente mais uma vez, o site mais bloqueado por este serviço.

A lista apresentada tem os principais sites das redes sociais e alguns sites de conteúdos para adultos. O que é estranho e revela um início de consciencialização por parte dos utilizadores deste serviço é a presença de dois sites de publicidade.

Vejam abaixo qual a lista dos 10 principais sites que foram adicionados às blacklists dos utilizadores do serviço OpenDNS. A percentagem indica o seu peso no total dos utilizadores.

  1. Facebook.com —14.2%
  2. MySpace.com — 9.9%
  3. YouTube.com — 8.1%
  4. Doubleclick.net — 6.4%
  5. Twitter.com — 2.3%
  6. Ad.yieldmanager.com — 1.9%
  7. Redtube.com —1.4%
  8. Limewire.com — 1.3%
  9. Pornhub.com —1.2%
  10. Playboy.com — 1.2

Quando se muda a tipologia dos utilizadores e se entra no mundo empresarial o cenário muda de figura. Existe uma maior preocupação na filtragem de sites de redes sociais, com um alargamento das redes abrangidas, e de serviços de mensagens.

Podem ver abaixo o relatório completo com a listagem dos sites que os utilizadores do serviço OpenDNS mais bloquearam. Aí podem ver outros tipos de dados interessantes. Desde os 10 sites com maior incidência em listas de acesso pleno (white lists) a domínios com maior incidência de tentativas de phising.

Os dados apresentados são apenas uma amostra do serviço de DNS da Internet, mas revelam uma tendência global. Todas as  empresas tentam que sites que vão diminuir a produtividade dos seus empregados sejam barrados. No ambiente residencial o cenário é diferente e são provavelmente os pais ou encarregados de educação a barrarem o acesso a esses sites.

Usam este serviço? Se sim que listas têm aplicadas? Por outro lado são vítimas deste tipo de filtragem de acessos? Concordam com estas medidas?

Homepage: OpenDNS Report 2010

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s